Marcela Giantomassi fala sobre os planos para 2019 na arte suave

Lutadora ainda revelou o que prefere competir, MMA ou Jiu-Jitsu

Dona de inúmeros títulos na arte suave, Marcela Giantomassi tomou um susto ao saber que ficaria fora do Pan devido a um dengue que a impossibilitou de disputar o torneio do próximo domingo, em São Paulo. Campeão Brasileira pela CBJJ em 2016, 2017 e 2018, a lutadora, natural de São Paulo vai em busca do tetra na edição deste ano do torneio:

– Enquanto não tiver luta marcada, os eventos que eu treino para competir de Jiu-Jitsu são o Brasileiro da CBJJ e esse ano pretendo ir para o Mundial em Las Vegas, também da CBJJ.

Além dos títulos já citados, outra conquista que a atleta se orgulha é a do do Rio Winter No Gi, evento organizado pela CBJJ. Com um cartel de 2 vitórias em 4 lutas disputadas nas artes marciais mistas, Marcela mescla as duas modalidades, porém, quando questionada sobre sua preferência, foi clara ao dizer que prefere as luvas ao kimono:

– Amo os dois, mas MMA está um pouco na frente (risos). Sempre falo que minha preferência é: MMA, Jiu Jitsu e No Gi, nessa ordem – finalizou a lutadora.

Lutadora erradicada em Goiás, onde treina na Nova União de Goiânia, Marcela disputa seus combates no MMA na categoria peso-palha.


Foto: Arquivo pessoal / Instagram: @marcelagiantomassi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *