Desirèe fala sobre a importância do Jiu-Jitsu na vida da mulher: “Pode salvar sua vida”

Atleta do litoral paulista também falou sobre o Pan, próximo grande torneio que vai disputar

Aos 34 anos, Desirèe Favoreto é um verdadeiro exemplo de superação dentro e fora dos tatames. Atleta da Zenith BJJ, a lutadora começou há pouco mais de 3 anos no Jiu-Jitsu, e desde lá acumula diversos títulos na carreira como profissional. Ao contrário da maioria dos atletas da arte suave, Desirèe se descobriu na modalidade apenas depois dos 30 anos, fato que não a impediu de se apaixonar pelo Jiu-Jitsu:

– Comecei no Jiu-Jitsu em 2016, após uma luta de contato livre que eu fiz e senti que precisava aprimorar a parte de chão, ganhei essa luta, mas senti que soubesse o Jiu-Jitsu teria acabado a luta antes do tempo e não ficaria na mão dos juízes. Após começar os treinos me apaixonei pelo esporte, acabei abandonando o Muay Thai e fiquei somente treinando Jiu-Jitsu.

Devido aos inúmeros casos de violência contra a mulher, o Jiu-Jitsu surge como uma grande opção nas vidas das mulheres, já que com uma imobilização uma agressão do parceiro ou de algum assaltante pode ser evitada com a ajuda da arte suave. Questionada sobre a importância do Jiu-Jitsu como defesa pessoal, Desirèe Favoreto motiva as mulheres a praticarem a modalidade:

– O Jiu-Jitsu é importante na vida da mulher em alguns quesitos básicos, melhora a auto-estima e confiança, além de ser uma atividade física, melhora a saúde, condicionamento físico e define o corpo. Hoje em dia com essa onda de crimes contra a mulher, o Jiu-Jitsu torna-se ainda mais importante, pois a mulher aprende a se defender, se sente mais confiante. Através da modalidade a mulher pode salvar sua vida com uma chave ou imobilização aplicada contra o agressor.

Atualmente faixa-roxa, Desirèe acumula diversos títulos na carreira somando todas as faixas por onde passou. A lutadora ostenta 4 conquistas do Campeonato Brasileiro, é duas vezes campeã europeia, e já chegou ao topo do mundo por duas vezes. Próximo objetivo da lutadora, Desirèe agora volta as atenções para o Pan que acontece entre os dias 20 e 24 de março, na cidade de Irvine, Califórnia:

– O preparo pro Pan não muda muita coisa diante do que já venho fazendo, eu sempre digo que o atleta tem que estar sempre preparado pras competições, então sempre estou em treinamento, me alimentando bem e confiante. Se vou lutar ou não, eu não deixo cair o ritmo de treinos e meu rendimento.

Atuando na categoria peso-pesado, Desirèe tem como principais ídolos no esporte nada menos do que Marcus Buchecha e Roger Gracie, dois dos maiores nomes da história da modalidade. 


Foto: Arquivo pessoal / Instagram: @desireefavoreto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *