Adercino Marmita revela inspiração em Jon Jones: “Sou fã desse cara”

Assim como campeão do UFC, Adercino possuí estilo agressivo no cage

Dono de um cartel com 9 vitórias na carreira, Adercino de Jesus, também conhecido como “Marmita” é um dos maiores nomes do cenário nacional na divisão dos meio-médios. Escalado para enfrentar Carlos Eduardo Rufino no Shooto 92, o goiano acabou saindo do card na semana do evento, já que o rival foi impedido de lutar devido a um furúnculo. De olho em uma nova oportunidade na organização, Adercino não vê a hora de lutar no evento comandado por Dedé Pederneiras:

— Estou treinando para enfrentar qualquer adversário, sei que quem estiver ali do outro lado certamente vai estar preparado, então não posso perder o foco, preciso estar sempre preparado para quando dar o melhor de mim quando a oportunidade aparecer.

Adercino possuí um estilo agressivo no cage, em apenas uma ocasião o lutador não venceu por nocaute ou finalização e deixou o duelo ir para as mãos dos árbitros laterais. Nocauteador nato, Adercino já mandou 5 adversários para a lona vencendo por nocaute ou nocaute técnico, além de ter finalizado 3 oponentes graças a sua faixa-preta de Jiu-Jitsu. Questionado sobre a sua maior inspiração como atleta, Adercino revelou o nome do seu maior ídolo no MMA atual:

— Sobre o atleta que mais admiro, gosto muito do Jon Jones e acho meu estilo parecido com o dele, sou fã desse cara — revelou o atleta de 32 anos.

Apenas pelo Shooto Brasil, Adercino já acumula 3 vitórias consecutivas na organização, sobre Deyvison Santos (2013), Helvecio Bessa (2016) e Lincoln Barbosa (2018) respectivamente. De olho no cinturão do evento, atualmente vago desde que seu irmão Ismael Marmota foi contratado pelo ACB, atual Akhmat, o lutador revelou o desejo de disputar o título dos meio-médios, conquista no qual abriria muitas portas na sua carreira:

— É um dos maiores eventos nacional, sei que conquistando o cinturão, o título vai abrir muitas oportunidades em outros eventos lá fora, quem sabe até no UFC, sonho de qualquer atleta.

Enquanto aguarda pela oportunidade de voltar ao cage do Shooto Brasil, Adercino se mantem ativo nas competições de Jiu-Jitsu no centro-oeste do país.


Crédito foto: Arquivo pessoal / Adercino Marmita

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *