Fernanda Mazzelli fala sobre conquista do Vitória Open: “Sabor especial”

Capixaba faturou quatro medalhas no torneio desse ano

Um dos maiores nomes do Jiu-Jitsu feminino nos últimos anos, Fernanda Mazzelli brilhou em mais um evento do cenário nacional. Uma das estrelas do Vitória Open, a lutadora de 30 anos foi um dos principais destaques da competição que ocorreu nos últimos dias no Espírito Santo, estado natal da atleta capixaba:

— Com certeza tem um sabor especial, ainda mais quando se trata de grandes atletas. Queria muito ter ganhado o absoluto com kimono, não consegui ganhar, fiquei em segundo, mas consegui ser campeã no absoluto No Gi. Fiquei muito feliz, a alegria foi em dobro, tinha muito tempo que não lutava no meu estado, foi muito satisfatório.

Campeã super-pesado com kimono, Fernanda ainda ficou com a prata no absoluto, além de ter faturado o duplo ouro No Gi. 4 medalhas que apenas consolidam Mazzelli como uma das maiores atletas de Jiu-Jitsu da atualidade. Em grande fase na carreira, Fernanda busca novos desafios, vencer mais absolutos estão entre as principais metas da lutadora para o futuro:

— Com certeza fiquei muito feliz, agora quero ajustar realmente as minhas performances para os próximos campeonatos, os próximos Opens. Quero lutar e sair campeã dos próximos absolutos de kimono que disputar.

Aos 30 anos, a lutadora natural de Guarapari no Espírito Santo tem como principal conquista em 2019 o título do Campeonato Brasileiro. No torneio, realizado anualmente em Barueri, Mazzelli mostrou porque ainda é uma das melhores do mundo quando bateu a então número 1 do Ranking da IBJJF, Claudia do Val, para ficar com o título na faixa-preta. Com inúmeras conquistas na carreira, Fernanda ainda não se dá por satisfeita com as medalhas que faturou em 2019:

— Vou continuar lutando alguns Opens, e quem sabe o mundial sem kimono nos Estados Unidos novamente.

Além da vitoriosa carreira que Fernanda mantém na arte suave, a lutadora concilia a carreira como atleta a sua vida política na cidade de Guarapari, além de ser uma das organizadoras de um projeto social na sua cidade.


 

Foto: BJJ Girls Mag 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *