João Paulo busca grande sequência para se juntar a namorada no Ultimate

Paranaense quer seguir os passos de Melissa Gatto e fazer parte do plantel do UFC

Embalado por um triunfo relâmpago, João Paulo Santos busca alçar voos mais altos na carreira. Natural da cidade de Cascavel, cidade localizada no Paraná, João surge aos 27 anos como uma das maiores do estado na categoria dos galos. Em sua última apresentação no cage, o lutador deu um verdadeiro show nocauteando Rangel dos Santos de forma arrasadora em menos de 3 minutos de combate na terceira edição do “Cidade da Luta”.

— Realmente não esperava que fosse tão rápido, porque o Rangel é do chão e é um atleta muito duro. Treinei muito Jiu-Jitsu para essa luta, porque esperava que a luta fosse acontecer mais no chão, mas claro, não deixei de treinar a parte em pé também. Fiquei muito feliz que consegui terminar a luta ainda no primeiro round com o nocaute.

Atleta da academia Spartacus, onde treina com o mestre Marcelo, o lutador também faz parte da preparação com o mestre Vinicius Vina, ex-TUF Brasil, em Curitiba no Paraná. Companheiro de treinos de Melissa Gatto, João e a lutadora mantém um romance de alguns anos. Questionado sobre como conheceu a lutadora, o atleta revelou o encontro nos bastidores de um evento amador.

— Conheci a Melissa em um evento de MMA. Eu e ela lutamos nesse evento, ainda no amador. Até hoje somos companheiros um do outro para tudo, tanto nos treinos quanto na vida.

Oriundo da arte suave, João Paulo já finalizou 3 oponentes na carreira desde de sua estreia nas artes marciais mistas em 2015. Somando 10 lutas no plantel, o paranaense já derrotou 6 rivais, além de nunca ter sido nocauteado ou finalizado, já que todas as suas derrotas foram pelas mãos dos árbitros laterais. Aos falar sobre os planos para o futuro, João busca corar a grande fase com uma boa sequência e assim ser premiado com o um contrato com o maior evento de MMA do planeta:

— Pretendo fazer mais 3 lutas esse ano, tenho luta marcada para o dia 5 de outubro. Pretendo fazer uma luta internacional ainda esse ano e, se Deus permitir, chegar ao UFC.

 

Além do já citado cartel profissional, o peso-galo também acumula 16 combates da época de amador. Invicto em 2019, João Oliveira se prepara para voltar ao cage no próximo mês.


Crédito foto: Photo Fight Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *