Marcela Giantomassi almeja título em torneio de Kickboxing: “Quero ser completa”

Radicada em Goiás, lutadora busca importante conquista na região centro-oeste do país

Oriunda do Jiu-Jitsu, Marcela Giantomassi é um atleta profissional de artes marciais com passagem pelo Shooto Brasil e o Cage Fury, dois grandes eventos da modalidade. Contratada recentemente pelo evento norte-americano, a paulista radicada em Goiás vai se aventurar no torneio do Only Strikers, evento que Kickboxing que acontece no dia próximo dia 28 de setembro:

— A expectativa é muito grande. Todo campeonato para mim é muito importante seja qual for a modalidade, pode ser na esquina de casa ou no maior evento do mundo que eu fico com aquele frio na barriga.

Faixa-marrom o Jiu-Jitsu, sua especialidade, Marcela acumula diversos títulos como a conquista do Rio Summer em 2016, além do tricampeonato do Campeonato Brasileiro da CBJJ que faturou entre os anos de 2016 e 2018. Em ritmo forte de competição, Marcela quer manter a grande fase também no Kickboxing, já que recentemente faturou o Master South America que aconteceu no último mês no Rio de Janeiro.

— Estou focando na minha parte em pé, na minha equipe já treinamos a parte de trocação com muito boxe, e agora também estou na Saga Kombat, uma excelente equipe de kickboxing.

De contrato assinado com o Cage Fury, evento no qual deve fazer pelo menos mais uma luta, Marcela também tem as portas abertas no Shooto. Com duas vitórias conquistadas na carreira profissional, Marcela conseguiu se impor na sua estreia internacional, e mesmo saindo derrotada, foi superior na trocação, fato que surpreendeu a sua rival Jamie Collen na edição de número 76 do Cage Fury, que aconteceu na Pennsylvania.

— Quero ser completa, ficar boa em todas as áreas, para as minhas adversárias não terem escapatória (risos). No MMA preciso ser boa em tudo e quero ficar tranquila seja em pé ou no chão.

Enquanto afia o seu jogo não só na arte suave, como também na trocação, Marcela Giantomassi aguarda pela próxima oportunidade de voltar ao octógono, o que deve ocorrer ainda em 2019.

 

Crédito foto: Cage Fury

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *